Como funciona o cartão Pagbank?

Como funciona o cartão Pagbank

Com o crescimento do delivery e da compra pela internet, o dinheiro de papel ficou ainda mais obsoleto e até perigoso, em uma fase das nossas vidas que precisamos evitar o toque e o contato. Atualmente é cada vez mais difícil ter dinheiro vivo em mãos, isso porque as modalidades de cartão são muito mais seguras e fáceis de fazer o controle financeiro. 

Os cartões representam o fim das moedinhas perdidas nos bolsos, no carro e na bolsa, que acabam não sendo usadas e perdendo o valor que o dinheiro teria se estivesse em formato digital. Parcelar o pagamento viabiliza e facilita a compra de muitas coisas. Organizando direitinho, o cartão é o melhor amigo do consumidor. 

Com o objetivo de dar mais opções de compras para empresas e pessoas, o PagBank foi além da maquininha de cartão, pix e link de pagamento. Você sabe como funciona o cartão PagBank? São três opções que facilitam sua vida em tempos de organização e resiliência.

Como funciona o PagBank? 

Para começar, você precisa entender o que é PagBank: é uma solução bancária, gratuita, do Pagseguro, que oferece uma série de benefícios para os clientes, como o cashback de 3% em pagamentos realizados via QR Code. Qualquer pessoa maior de 18 anos pode abrir uma conta, até mesmo os negativados, pois não há análise em órgãos de proteção de crédito. Trata-se de uma conta não-bancarizada, que oferece as principais funções de contas bancárias tradicionais, como transferências, pagamentos, saques, empréstimos, recarga de celular e investimentos.

Quais os cartões PagBank? 

O PagBank oferece três opções de cartões para seus clientes: o cartão pré-pago, o cartão da Conta e o cartão de crédito PagBank. Cada um focado em uma necessidade específica do consumidor.

Como funciona o cartão PagBank? 

Cartão da Conta PagBank 

É um cartão internacional, sem taxas ou tarifas. Funciona como um cartão de débito tradicional, em que você pode fazer compras e pagamentos com o valor que tem no saldo da conta. Já o

Cartão de Crédito PagBank 

é um cartão de crédito clássico, da bandeira Visa Internacional, que permite parcelar compras, com um limite disponível por mês, com a grande vantagem de não cobrar anuidade e não exigir comprovação de renda. As compras do mês geram uma fatura, que o cliente pode escolher a melhor data para pagar, utilizar o saldo da conta, ou pagar por meio de um boleto.

Cartão pré-pago PagBank

O Cartão Pré-Pago PagBank é uma ótima opção para quem precisa controlar os gastos com rédea curta e não pode gastar nada além do planejado. O funcionamento dele é uma mistura de cartão de celular pré-pago com cartão de débito, nele você coloca uma recarga do valor que pretende gastar e quando o valor acaba, é só recarregar. O objetivo deste cartão é o controle total das finanças, diminuindo as chances de compras por impulso, ideal para a mesada dos filhos, por exemplo. 

Como posso solicitar? 

Para solicitar os cartões do PagBank é muito fácil, é só pedir pelo aplicativo e esperar a chegada em casa, sem anuidade, ou cobrança de frete. No caso do cartão de crédito, é preciso aguardar o fim da análise do seu perfil, para a liberação do limite do cartão e consequentemente a entrega dele.

O cartão PagBank vale a pena? 

Para abrir uma conta do PagBank é grátis, para solicitar o cartão também é, sem cobrança de anuidade. Não precisa ser empreendedor, não precisa pagar nada, o dinheiro que você deixar na conta rende mais que a poupança tradicional. Só com isso já poderíamos encerrar a conversa, mas as vantagens não param por aí.

O cartão da Conta PagBank não precisa de aprovação, assim que você abrir uma conta no aplicativo, pode solicitar. Com ele você não se preocupa com fatura ou limite, o valor é debitado na sua conta, ou seja, o limite é o dinheiro disponível lá. Sabe outra coisa boa? Dá para fazer saques com ele e também compras pela internet, em todos os sites nacionais e internacionais que aceitem a bandeira Visa. Ele é ideal para quem não quer extrapolar o valor que possui e controlar melhor os gastos.

Mas o que seria de muita gente sem o cartão de crédito, não é? Tem compras que só se tornam possíveis, se forem parceladas. Neste caso, o cliente que optar pelos cartões de crédito da PagBank, vai contar com muitas vantagens, inclusive aquelas que a Visa oferece, como descontos no programa Vai de Visa, que vai de viagens, a produtos e hospedagens. Com o cartão de crédito da PagBank, é muito fácil fazer compras pela internet, assinatura de serviços de streaming e pagamentos de corridas por aplicativo. 

Você pode optar pelos dois cartões e decidir, no momento da compra, qual modalidade é mais interessante naquele momento. Vale ressaltar que todos os cartões da PagBank, mesmo aqueles que têm o funcionamento semelhante ao cartão de débito, devem ser usados em maquininhas e sites na opção crédito. 

nivel cashback

Nível Cashback: Saiba Como Funciona

Aquele que nunca gostou de um desconto numa compra, que atire o primeiro cartão de crédito. Atualmente, se há uma prática que virou febre no Brasil é o cashback, que em inglês significa “dinheiro de volta”. 

Como funciona? Ao fazer uma compra na internet ou numa loja física, automaticamente você ganha parte do dinheiro de volta, podendo ainda acumular pontos para serem usados novamente numa compra posterior. Fácil, não?

Com o cashback, 7 bilhões de reais foram movimentados nas e-commerces, no ano passado, em plena pandemia no Brasil, segundo a Exame. Há inúmeros apps que realizam tal negociação, mas a Nível Cashback vem se destacando por ter uma plataforma simples de mexer e vantajosa tanto para clientes quanto para lojistas.

Ficou interessado? Venha com a gente para saber o que é e como funciona o Nível Cashback!

O que é Nível Cashback?

Criado pela Startup brasileira Doorness Brasil, a Nível Cashback é uma franquia cujo objetivo é dar a diversas empresas, de médio e pequeno porte, a possibilidade de oferecer cashback para os seus clientes, sem a necessidade de investir em um aplicativo próprio ou de ter uma financeira intermediária.

Com a Nível Cashback, você tem tanto a liberdade de comprar em lojas online ou físicas que não fazem parte da franquia, quanto fazer o pagamento por PIX.

Para tanto, a franquia de Cashback oferece esse serviço de maneira 100% online, através do seu aplicativo de mesmo nome: Nível Cashback. Com ele, você tem acesso a mais de 4000 parceiros comerciais onde você pode obter o seu cashback, dentre eles: 

  • Lojas Americanas;
  • Centauro;
  • Marisa;
  • Tim, Oi e Vivo;
  • Renner;
  • Uber e muitos outros;

Atualmente, essa franquia está em franco crescimento no país. Se há quase dois anos, eram 150 franquias, hoje são mais de 1500 em todo o Brasil. O que justifica todo esse crescimento é o Nível App que é bastante fácil de usar para obter cashback em diversas lojas. Veja como ele funciona no tópico abaixo.

Como funciona o app Nível?

O app da Nível Cashback é bastante fácil de baixar. Ele é gratuito e disponível tanto em IOS quanto em Android. Basta fazer o download e fazer um cadastro com seus dados, como e-mail e CPF que o Nível App estará apto para uso.

Através dele, você terá uma porção de estabelecimentos para obter cashback na sua compra, que quando é realizada, você recebe de volta parte do valor investido, ficando como saldo diretamente na sua “Carteira de Cashback”. Você pode usar o saldo do Nível Cashback como quiser, seja para:

  • Pagar boletos;
  • Pagar contas;
  • Fazer transferências para sua conta pessoal;
  • Fazer recargas para o seu telefone;
  • Pagar despesas da sua empresa;
  • Fazer novas compras nas mesmas lojas em que você já teve Cashback;
  • Realizar compras nas plataformas de streaming conhecidas, como Spotify e Netflix, por exemplo;

Por ter o máximo de liberdade no uso do seu saldo, que faz a Nível Cashback uma excelente alternativa, tanto para quem é consumidor quanto para quem é lojista. Afinal, com Nível App o pagamento é liberado na hora e o cliente ainda sai ganhando.

E falando em ganhar, veja como ganhar Nível Cashback logo abaixo!

Como ganhar nível cashback?

Para ganhar dinheiro de volta pela Nível Cashback é muito simples. Basta comprar em uma das mais de 4000 lojas cadastradas no seu Nível App e obter o parte do seu valor investido de volta. O valor do cashback pode variar de acordo com a loja nesse caso.

Além disso, com o Nível App, você ganha cashback através de dois métodos abaixo.

  1. Indicando a Nível Cashback para amigos

Você ganha 5% de todo cashback que seus amigos, vizinhos ou parentes indicados, sem tirarem nada do saldo deles. 

Tudo 100% bancado pela Nível Cashback e sem prazo de validade.

  1. Pagando via PIX ou Saldo em empresas não cadastradas

Você ganha 2% de cashback fixo, indicando a Nível Cashback para uma empresa não cadastrada. Para isso, você enviará um convite através do aplicativo. 

Após o aceite da empresa, você pode pagar com o seu saldo ou PIX que ela receberá imediatamente!

O Nível cashback é bom?

Se você procura um cashback que seja vantajoso e que não o limite em fazer compras num estabelecimento “X” ou “Y” para ter aquele retorno do seu dinheiro, o app da Nível Cashback pode ser perfeito. 

Com ele, você pode fazer compras em estabelecimentos cadastrados e não- cadastrados no app e usar o seu saldo como bem entender. 

Mas, tudo isso depende de um perfil. Aqui na Credits, você pode olhar o nosso Ranking de melhores cartões com cashback. Você tem total liberdade para tirar as suas dúvidas. O que está esperando? Venha já com a gente!

Como escolher um bom centro de coworking

Pois bem, nestes locais terá a possibilidade de conhecer outras pessoas da profissão, partilhar experiências, aprender coisas novas e, em geral, manter aquele espaço de escritório que tanto pode gerar camaradagem.

Claro, os centros de coworking em ribeirão preto geralmente incluem a possibilidade de usar as impressoras do centro, salas reservadas para conferências ou reuniões, etc. Vamos lá, você terá todos os tipos de recursos à mão. Além do mais, por proxy, você pode até ter seu espaço privado -pagando mais, é claro-. Bem, a questão é que os centros que oferecem esse tipo de serviço nem sempre têm a qualidade que se gostaria, então vamos dar uma olhada no que você deve prestar atenção ao escolher um bom centro de coworking.

Diretrizes para escolher um bom centro de coworking

Localização

Lembre-se que você terá que se deslocar para o centro diariamente para trabalhar, e da mesma forma poderá receber clientes nas instalações; Por isso, é importante que você observe a localização. Que está perto de todos os serviços, que se encontra num bairro que não é perigoso, que pode estacionar sem problemas, que tem transportes públicos por perto e que não tem nas proximidades alguns locais que emitam muito ruído – uma fábrica, uma oficina, uma discoteca, etc.-.

Tipos de contrato

Preste atenção aos contratos que eles oferecem a você e ao que está incluído neles. Isso é importante, pois em determinado momento, se precisar de uma sala específica, de um equipamento especial, ou entrar ou sair em determinados horários fora de hora, pode haver problemas. Veja se o contrato é adequado às suas necessidades.

Instalações

Como você pode ter uma ideia, as instalações são fundamentais. Tem que ver como está bem cuidado o local, os equipamentos que se colocam à sua disposição e o seu estado, a limpeza das casas de banho e da cozinha -uma cozinha geralmente pequena-, e em geral em todos esses pormenores que podem implicar que o lugar foi deixado pelas mãos de Deus ou vice-versa, que é bem cuidado.

Ambiente

É importante que você veja quantas pessoas estão no centro, porque se o lugar estiver saturado, você não vai se concentrar. Da mesma forma, é conveniente ver a que se dedicam os ” freelancers ” de lá, pois poderia ser muito útil se fossem do seu mesmo setor ou de outro que possa ser útil para você. Pense em como você pode precisar contratar ” freelancers ” de outras áreas para uma coisa ou outra, não seria interessante pedir seu companheiro de mesa?

Aliás, dê uma olhada também na atitude das pessoas que estão no local, pois não lhe convém encontrar pequenos grupos de amigos que fazem barulho, com gente mal-educada e outros. Em suma, tenha um bom ambiente.

Serviços adicionais

O contrato vai indicar o que está incluso na tarifa que você vai pagar, então essa parte você já saberá. No entanto, seria interessante saber quais serviços mais podem ser fornecidos no centro de coworking. Você tem serviço de secretariado? Você treina seus parceiros? Etc.

Domicilio fiscal

Em alguns centros de coworking, eles oferecem a possibilidade de colocar o endereço das instalações como a sede do seu negócio. Desta forma, não terá de colocar o seu endereço e poderá receber as cartas e outras comunicações ali mesmo. Claro, para os clientes também é algo que dá uma boa imagem.

Coworkings Ilegais

Os centros de coworking são empresas ou projetos criados por autônomos, mas também há casos em que quem monta não está cadastrado em nenhum lugar; portanto, é importante que você verifique a legalidade do local. E se há uma empresa por trás do projeto, mas isso te dá um mau pressentimento, faça uma investigação.

Treinamento

Freelancers precisam estar atentos aos desenvolvimentos no setor em que trabalham, portanto, o treinamento é vital. Não conseguem parar de ler, fazer contatos e assistir a palestras e cursos. Por isso, é importante que o centro ofereça palestras, cursos e outros eventos que possam ser úteis a você entre os seus serviços.

Internet

Esta seção talvez devesse ter sido incluída na área de Instalações, mas descobri que é tão importante que eu queria dar a ela uma importância especial.

Como você entenderá, a Internet, para “freelancers”, é vital. E o que dizer se tiver que sair por aí fazendo videoconferências, enviando arquivos pesados ​​e assim por diante. Você deve se certificar de que a conexão que o centro de coworking tem é boa o suficiente para suas necessidades, caso contrário, você poderá ter uma surpresa um tanto desagradável.

Como funciona o escritório de coworking?

O coworking alimenta um modelo de negócios viável e um ótimo conceito: um espaço para quem precisa e um local onde o trabalho é feito. Saiba mais sobre como funciona e o que lhe permite ter tanto sucesso como hoje.

Para os não iniciados, os escritórios de coworking podem parecer desastres esperando para acontecer. Um espaço onde qualquer pessoa pode entrar a qualquer momento e pagar uma pequena taxa para usar uma mesa não exala estrutura e ordem. Além disso, agrupar um grupo diversificado de profissionais trabalhando em uma grande área compartilhada parece uma receita para o atrito. Então, como funciona o escritório de coworking? O que lhe permite ter tanto sucesso quanto hoje?

Apesar da falta de uma estrutura voltada para o exterior, o coworking é, na verdade, altamente organizado. Os operadores enfrentam muitas variáveis ​​imprevisíveis e incontroláveis. Portanto, eles criam uma estrutura que suporta a utilização e o gerenciamento ideais do espaço. Isso alimenta um modelo de negócios viável e um ótimo conceito: um espaço para as pessoas que precisam e um local onde o trabalho é feito.

Coworking em poucas palavras

O que é escritório de coworking? A definição mais simples é “espaço para apoiar um grupo de pessoas de diferentes empresas, trabalhando de forma independente ou colaborativa”. Os escritórios de coworking são abertos ao público, independentemente de quaisquer regras de adesão e podem também ser utilizados como Endereço fiscal para abertura de empresas.

O Coworking vai além do próprio espaço. É uma filosofia enraizada em reunir as pessoas para realizar o trabalho. Freelancers podem trabalhar ao lado de trabalhadores remotos, enquanto os trabalhadores de show compartilham um espaço com profissionais em viagem. Não importa a origem ou o trabalho, os ambientes de coworking fornecem às pessoas um espaço profissional casual para se concentrar, bem como oportunidades de networking e um elemento social.

Coworking envolve mais do que boas vibrações e um espaço de escritório acessível. O espaço como serviço é um modelo de negócios, o que significa que precisa gerar lucro. Como os escritórios de coworking ganham dinheiro?

O modelo de associação

Como uma academia, os escritórios de coworking vendem assinaturas por mês ou ano. Isso tem dois benefícios principais. Primeiro, ele cria um fluxo de caixa estável e confiável por meio de cobranças automáticas recorrentes. Em segundo lugar, fornece uma linha de base para determinar a capacidade de trabalho.

A maioria dos escritórios de coworking venderá assinaturas mensais para satisfazer a capacidade de espaço – muitas vezes superior a 100%. A probabilidade de que todos os membros apareçam no mesmo dia, ao mesmo tempo, é irrisória. Para tanto, um escritório de coworking com 200 lugares pode vender até 250 membros (125% da capacidade total), com a expectativa de ver 150 membros a qualquer momento (75% da capacidade). É um ato de equilíbrio com base nas tendências de utilização do espaço e números de membros.

Normalmente, as assinaturas são vendidas com um grande desconto para usuários ocasionais – o objetivo é fazer com que os usuários ocasionais comprem assinaturas integrais. As assinaturas mensais podem custar R$ 99, enquanto os passes diários podem custar R$ 20. Teoricamente, eles poderiam usar o espaço todos os dias por cerca de R$ 3 por mês, em vez de pagar R$ 600 por passes diários individuais. As assinaturas também podem vir com vantagens, como acesso mais rápido à Internet ou assentos mediante solicitação.

O modelo walk-in

Nem todo mundo deseja ou precisa de uma associação de coworking. Quem usa o espaço apenas algumas vezes por mês vai optar pelo modelo pay-per-use. É mais difícil prever a demanda desses usuários, mas a receita é maior por pessoa.

Se um escritório de coworking espera 75% de ocupação pelos membros a qualquer momento, as mesas restantes servem a dois propósitos. Primeiro, eles acomodam um influxo de outros membros. Em segundo lugar, eles atendem clientes que entram no local. O modelo walk-in tem níveis em si – preços por tempo, tipo de espaço de trabalho ou comodidades. Alguém pode pagar R$ 60 por oito horas de trabalho, Internet de alta velocidade e acesso a um espaço com vista. Outra pessoa pode pagar R$ 20 por seis horas de trabalho e velocidades padrão de Internet. O objetivo é preencher as mesas desocupadas com uma margem mais alta.

O principal problema com os walk-ins é que eles são imprevisíveis e variáveis. Se um escritório de coworking estiver 100% ocupado, não há escolha a não ser recusar um walk-in – mesmo que eles estejam dispostos a pagar 20 vezes o preço da assinatura. Dito isso, os visitantes podem ser clientes frequentes, mesmo que não optem por uma assinatura.

Assentos organizados e gerenciamento de espaço

É difícil explicar o coworking sem mencionar a infraestrutura necessária para acomodar cada pessoa que usa o espaço. Este é o coração e a alma do que torna o coworking um sucesso.

Independentemente de se uma pessoa for um membro ou um visitante, ambos fazem o check-in com um administrador. Essa pessoa faz o login, designa uma mesa e fornece os detalhes relevantes de que precisam para trabalhar. Isso fornece uma imagem em tempo real da ocupação e utilização do espaço. Ele também destaca informações relevantes, como o número de membros vs. visitantes, receita diária, tempo de ocupação restante em determinadas vagas e tipos de vagas disponíveis.

Sem este sistema de gerenciamento centralizado e o uso de software de coworking, os escritórios de coworking não funcionam. Não há como saber quem está onde, por quanto tempo ou quais espaços estão abertos.

Encontrando o equilíbrio certo

Os escritórios de coworking funcionam quando os operadores encontram o equilíbrio certo de membros e alocação de espaço. O modelo de coworking fornece flexibilidade para os usuários, o que significa que ele precisa ser inerentemente flexível. Acomodar pessoas em movimento é o resultado de um sistema bem projetado e gerenciado para gerenciamento de espaço e os meios para conectar as pessoas aos assentos.

6 motivos para apostar no Sistema delivery grátis

De uns tempos para cá aumentou significativamente o número de estabelecimentos trabalhando com o sistema delivery grátis, e com a pandemia esse sistema se estabeleceu ainda mais como a principal forma de comércio.

Assim, para mercados, restaurantes, comércio em geral, apostar nesse serviço vai além do aumento da receita, significa sobreviver a crise por conta do coronavírus.

Porém, vale ressaltar que mesmo que não houvesse o distanciamento social, que agora se apresenta em menor escala, apostar no sistema delivery grátis é ficar em dia com as tendências de mercado que, seja por comodidade, por busca de refeições rápidas, por falta de tempo, representa muitas vantagens para o seu negócio.

Pensando nisso, resolvemos mostrar 6 motivos para apostar no sistema delivery grátis. Confira!

1. Aumentar o faturamento

Mesmo que seu negócio já conte com um determinado público, ao ampliar o alcance, sem dúvida, aumentará, consequentemente, o faturamento, entregando seu produto no endereço do cliente.

2. Chegar a lugares mais distantes

Se um estabelecimento costuma chegar somente à vizinhança, ao público que trabalha por perto, ou estuda, ao oferecer o sistema delivery grátis, sem dúvida, poderá chegar aonde quiser, não se restringindo apenas ao público passante ou aos períodos de aulas.

3. Expandir a clientela

Muita gente não tem tempo ou não pode se deslocar até o restaurante, e o sistema delivery grátis pode resolver essa questão, dessa forma, conseguindo expandir a clientela.

4. Reduzir os custos do negócio

Sem dúvida, manter um restaurante e toda a sua estrutura para um pleno atendimento não é tão simples, além de investir em um bom atendimento, precisa contar com uma equipe de cozinha, com um espaço físico para receber os clientes, além de garantir um ambiente limpo e organizado.

Já, quem investe apenas em um atendimento delivery, acaba diminuindo os investimentos necessários para manter a estrutura do estabelecimento, além da produção de cardápios, fachada, decoração interna, uniformes, entre outros itens.

5. Fidelizar os seus clientes

Dependendo do restaurante, muitas vezes é comum algum prato se destacar e ganhar uma clientela fixa e fiel. Pois bem, investir em um sistema delivery grátis é possibilitar que essa clientela fiel, que gosta de um determinado prato, ou do tempero do estabelecimento, continue consumindo, de casa, ou do trabalho, mesmo que não tenha como chegar até o estabelecimento. Sem falar das possibilidades de marketing para chegar a esse público, com promoções específicas, fidelizando ainda mais os clientes.

6. Contar com um bom sistema Delivery grátis

Se até pouco tempo atrás, o cliente precisava decorar o número de telefone do seu restaurante, agora, existem muitas ferramentas que podem ajudar o cliente a chegar a seu restaurante, através de um bom sistema delivery grátis, como, por exemplo, o Cardápio Ideal, no qual pode criar seu cardápio online, receber pedidos para entrega pelo Whatsapp ou ter seu próprio Gestor de Pedidos, enfim, desenvolver seu próprio sistema delivery grátis de uma forma rápida e simples.

O melhor sistema de Delivery online

O sistema delivery grátis Cardápio Ideal os clientes podem acessar o cardápio pelo celular, tablet ou computador, sem precisar de aplicativo, e mais,  você não tem nenhuma taxa, sem falar na possibilidade de adotar um sistema de delivery grátis, ou adotar algum dos planos, com ótimas dicas para lhe ajudar.

Vantagem de usar uma cota contemplada para comprar um imóvel

Não há como negar, sempre é ruim pagar dívidas, então, naturalmente, é lógico pensar que comprar uma casa com dinheiro de uma carta contemplada, ou afundar o máximo possível de dinheiro em sua casa para evitar a enorme dívida associada a um financiamento, é a escolha mais inteligente para sua saúde financeira.

Mas há muito a considerar quando se pensa em comprar uma casa com consórcio vrs. Financiar, afinal esta pode ser uma das maiores decisões a ser tomada em sua vida. 

Aqui estão algumas das principais diferenças entre usar dinheiro de um consórcio ou um financiamento para comprar uma casa que nos da Cotas Premiadas – Carta Contemplada separamos para você.

Usando carta contemplada de consórcio

Pagar com o dinheiro de um consórcio uma casa elimina a necessidade de pagar juros sobre o empréstimo e quaisquer custos de fechamento. Por exemplo, não há taxas de originação de financiamento, taxas de avaliação ou outras taxas cobradas pelos credores para avaliar os compradores.

Pagar com dinheiro também costuma ser mais atraente para os vendedores, isso porque em um mercado competitivo, é provável que um vendedor aceite uma oferta em dinheiro em relação a outras ofertas, porque não precisa se preocupar com a desistência de um comprador devido à negação do financiamento. Uma compra à vista com o dinheiro de uma cota de consórcio também tem a flexibilidade de fechar mais rápido, se desejado, do que uma que envolva empréstimos, o que poderia ser atraente para um vendedor.

Esses benefícios para o vendedor não devem vir sem um preço, já que um comprador em dinheiro pode conseguir a propriedade por um preço mais baixo e receber um tipo de desconto à vista.

Além disso, a casa de um comprador em consórcio não é alavancada, o que permite que o proprietário a venda mais facilmente, mesmo com prejuízo, independentemente das condições do mercado.

Por que os vendedores gostam de vendas com carta contemplada de consórcio

Alguns vendedores escolhem ofertas de compra a dinheiro em vez de ofertas de preço mais alto com financiamento por empréstimo convencional porque sabem que uma oferta em dinheiro com comprovante de fundos enfrenta menos obstáculos e é mais provável que seja fechada.

Mesmo os compradores totalmente qualificados para um empréstimo à habitação podem ser acionados por qualquer uma das múltiplas contingências. As qualificações dos compradores podem mudar após um exame mais aprofundado. Talvez um comprador não tenha sido totalmente empregado na mesma ocupação nos últimos 2 anos, ou as situações financeiras tenham mudado antes do fechamento porque o comprador comprou um carro novo ou foi vítima de roubo de identidade. Se os compradores tiverem o dinheiro de uma carta contemplada a venda, esses problemas em potencial não podem prejudicar a venda.

As vendas à vista também levam menos tempo, os compradores não precisam de 30 ou 45 dias para fechar se não estiverem obtendo um empréstimo. Depois que uma inspeção residencial e outras contingências forem satisfeitas ou liberadas, o fechamento poderá ocorrer em menos de 7 dias.  Um fechamento mais rápido coloca dinheiro no bolso do vendedor antes, também há menos coisas que podem dar errado em um curto período de garantia.

Mas e o financiamento?

Por outro lado, se você não quiser comprar uma carta contemplada de imóvel, a obtenção de financiamento também pode trazer benefícios significativos. Isso porque, mesmo que um comprador possa pagar em dinheiro por uma casa, pode fazer sentido não gastar muito dinheiro para comprar imóveis

Fazer isso pode limitar suas opções se outras necessidades surgirem no futuro, por exemplo, se a casa precisar de grandes reparos ou reformas, pode ser difícil obter um empréstimo  sobre o patrimônio da casa, pois você não sabe como será sua pontuação de crédito no futuro, quanto a casa valerá a pena ou outros fatores que determinam a aprovação do financiamento. 

Vender uma casa comprada com dinheiro também pode ser um problema se os proprietários se esforçarem muito financeiramente para comprá-la. Já que, se os compradores com o dinheiro de consórcio decidir que é hora de vender, eles precisam garantir reservas de dinheiro suficientes para depositar na nova casa.

Resumidamente, os compradores que utilizam consórcio precisam ter certeza de sair para deixar bastante liquidez, mas ao optar por um financiamento, você pode ter mais flexibilidade. 

Pagar em dinheiro também tem implicações fiscais, uma vez que, na maioria dos casos, os pagamentos de juros de financiamento são dedutíveis de impostos. E embora você não deva optar por um financiamento apenas para obter uma dedução, uma obrigação tributária reduzida nunca é prejudicial.

Obviamente, com um financiamento, você acaba pagando mais no geral, uma vez que vem com pagamentos de juros que aumentam com o tempo. Mas, dependendo do estado do mercado de ações, economizar em juros de financiamento pagando em consórcio pode não ser financeiramente prudente. Você poderia economizar menos do que o dinheiro poderia ter ganho se tivesse feito um financiamento e investido o dinheiro que não gastou em sua casa em ações.

A maioria dos estados concede aos consumidores um certo nível de proteção dos credores em relação à sua casa, alguns estados, isentam completamente a casa do alcance de certos credores.  Outros estados estabelecem limites que variam isso significa que, independentemente do valor da casa, os credores não podem forçar sua venda a satisfazer suas reivindicações.

Ter um financiamento não protegerá completamente seu dinheiro, no entanto, se um proprietário deixou os fundos no banco e financiou a casa, um credor judicial poderia penhorar a conta bancária e usar a maioria dos fundos para satisfazer suas reivindicações.

Concluindo

O melhor conselho ao considerar se você paga sua residência com o dinheiro de um consórcio ou faz um financiamento faz mais sentido se você optar pela escolha que oferece maior retorno financeiro. Além disso, pergunte-se o que proporcionará um retorno maior do seu investimento. 

Pagar com o dinheiro de um consórcio pelo preço total de compra de uma casa é semelhante a investir em um título que paga a mesma taxa de juros que você pagaria com um financiamento. Por exemplo, optar por não pagar um financiamento de mais de 30 anos com uma taxa de juros de 5,5% é essencialmente o mesmo que obter um retorno de 5,5% sobre o preço do investimento.

Se você decidir comprar uma casa com um empréstimo, verifique se pode pagar com facilidade o pagamento de principal e juros todos os meses. Se você optar por pagar com o dinheiro de um consórcio, verifique se ainda terá o suficiente para cobrir os custos em andamento, como impostos sobre a propriedade, seguro de proprietário, associação de proprietários, taxas de cartórios e outras taxas todos os meses.

Agora que você já sabe o que é uma carta contemplada de consórcio e algumas das vantagens que comprar sua residência com ela pode trazer é hora de considerar qual opção traz mais benefícios para você, usar a cota ou fazer um financiamento?

Sabemos que esta não é uma decisão fácil, por isso é preciso muita pesquisa e calma para decidir qual das duas opções traz mais vantagens para você em longo prazo. Lembrando ainda que, durante esse período de avaliação, se manter no aluguel pode ser a alternativa mais segura até a tomada da decisão final. Pense bem!

Como consultar multas no site do Detran SP?

A todos os motoristas da cidade de São Paulo que desejam consultar suas multas de trânsito, temos uma boa noticia, essa consulta pode ser feita gratuitamente pelo site do Detran SP.

No portal do Detran SP também se pode consultar seus pontos em sua Carteira Nacional de Habilitação, mas conhecida como CNH, defesas administrativas apresentadas, autos de infração de trânsito, notificações de autuações e emissões de documentos para pagamento.

Não precisa se preocupar, para a consulta de multas DETRAN SP você vai precisar criar um login e uma senha com o seu CPF ou o seu CNPJ. Em alguns casos de Multas será necessário colocar o número da placa ou o código do Renavam, o Registro Nacional de Veículos Automotores, constante no documento do veículo, e um número de verificação.

Este serviço permite verificar multas de veículos registrados apenas no Estado de São Paulo, ou seja, apenas se você tiver registrado seu carro, ou moto, no Estado de São Paulo é que vai poder verificar suas multas.

Isso também serve para todas as agências responsáveis pela regulamentação de trânsito, como o Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo, Polícia Rodoviária Federal, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e também pelas prefeituras do próprio Estado.

Como podemos vê, as multas a serem consultadas no Detran SP só poderão ser exibidas se seu veículo tiver devidamente registrado no Estado de São Paulo e ter sido registrada por uma das agências do mesmo, tudo feito dentro dos padrões estabelecidos pelas leis de trânsito é claro.

Ao abrir a página do Detran SP você terá uma série de informações, mas não se preocupe, tudo ali posto é para auxilio do motorista e estão com fácil entendimento para todos.

Na barra amarela a onde está escrito Serviços Online,tem várias opções de ações, Consulta de Pontos da CNH, Pesquisa de débitos e restrições, agendamento CNH, basta você procurar entre as opções demostradas qual se encaixa mais no que deseja fazer, como já foi dito ali em cima, você só vai precisa de um cadastro, senha, de seu CPF ou do seu CNPJ.

Caso você não seja acostumado com a internet, temos uma segunda opção: você pode ir pessoalmente ao Detran de São Paulo, tendo em mãos os documentos CNH ou seu RG junto com o seu CPF e solicitar o serviço de verificação de multas.

Lembrando que a consulta de multas do Detran SP são gratuitas, não se deve pagar nada por elas e se alguém em algum momento cobrar vocês denunciem, ela também pode ser feita por qualquer outro aparelho conectado a internet, computadores, tablets ou smarthphones, mas somente o proprietário do veículo poderá realizar a consulta.

Um detalhe interessante é que no site do Detran SP possui também outras opções como ajuda para se defender contra as multas, simulados de provas do Detran, ajuda caso seu veículo tenha sido furtado ou roubado, sobre venda e compras de carro, tudo o que se pode fazer no portal do Detran SP também pode ser feito presencialmente numa agência do Detran.

Alugar ou comprar uma casa? Qual vale mais a apena?

Quer alugar ou comprar um imóvel é uma decisão importante, assim como vender consórcio cancelado

Isso não afeta apenas quanto dinheiro você deixou no final do mês, mas também afeta seu estilo de vida e o tamanho da economia que acumula ao longo dos anos. 

Todos os dias, as pessoas compram casas quando seria financeiramente melhor alugando, porque é importante que elas tenham um lugar para criar raízes e porque veem a propriedade de uma casa como um investimento que pode crescer e como uma fonte de deduções de impostos. 

Da mesma forma, as pessoas alugam o visando a flexibilidade e a responsabilidade mínima que oferecem, embora acumulassem um patrimônio líquido maior ao longo do tempo se comprassem um local. Não sabe o que é mais vantajosa, confira abaixo se alugar ou qualquer de fato vale mais a pena.

Quais são as vantagens e desvantagens de alugar?

Assim como os compradores de imóveis enfrentam vantagens e desvantagens, para quem vender meu consórcio visando alugar um imóvel também encontra as mesmas situações, como:

Vantagens de alugar:

  • Você pode se mover com facilidade. 
  • Você não precisa pagar pela manutenção

Desvantagens do aluguel

  • As taxas de aluguel subirão
  • Você não tem incentivos financeiros. 
  • Você tem menos liberdade para renovar

Caso você vender consórcio em andamento para pagar adiantado alguns meses de aluguel saiba que sim, haverá vantagens e desvantagens. Ficou com dúvidas? A Consórcio na Web – Compra e Venda de Cotas de Consórcios tem um time qualificado para tirar todas suas dúvidas.

Compra de um imóvel

A compra de uma casa traz benefícios intangíveis, como um senso de estabilidade, pertencer a uma comunidade e orgulho de propriedade. No entanto, não é bom para tipos inquietos ou nômades. 

O setor imobiliário é o ativo ilíquido original, talvez você não consiga vender quando quiser se o mercado imobiliário estiver em baixa. Mesmo se houver, existem custos de transação significativos quando você vende. Mudar de ideia sobre onde você quer morar é muito mais caro quando você possui uma casa própria.

O custo total da casa própria tende a ser maior que o custo total do aluguel, mesmo se o pagamento mensal for com a venda de consórcio em andamento semelhante ao (ou menor que) o custo mensal do aluguel.

Aqui estão algumas despesas nas quais você gastará dinheiro como proprietário de uma casa própria:

  • Impostos sobre a propriedade
  • Coleta de lixo
  • Serviço de água e esgoto
  • Reparos e manutenção
  • Controle de pragas
  • Aparar árvores
  • Seguro de proprietário
  • Limpeza de piscina (se você tiver um)
  • Seguro de inundação exigido pelo credor, em algumas áreas
  • Seguro contra terremotos, em algumas áreas

Mesmo projetos de reforma nem sempre aumentam o valor da sua casa em mais do que você gasta neles. Em média, você receberá alguns centavos por cada real gasto em um projeto de melhoramento da casa. 

Os projetos que mais recuperam não são coisas fascinantes que você ficará animado em fazer. O melhor retorno (e o único na lista de Reformas que chega perto de recuperar todo o custo) vem da substituição de uma porta de garagem.

É melhor alugar ou comprar uma casa?

Decidir comprar ou não uma casa não é uma escolha fácil. É por isso que é inteligente fazer parceria com um profissional que pode ajudá-lo a navegar em suas opções.

Agora se você está em busca de uma empresa confiável, pois quero vender meu consórcio não contemplado para a compra ou aluguel de um imóvel, você pode contar com a Consorcio na Web. A empresa fica localizada no endereço: Praça Dr. Sampaio Vidal, 265 – 6º andar – Sala 65 – São Paulo – SP – Vila Formosa – CEP: 03356-060. Você pode entrar em contato pelo telefone: (11) 2785-1845, com toda certeza eles podem te ajudar!

Como encontrar assistências técnicas Samsung

Saiba aqui como encontrar assistências técnicas Samsung para consertar o seu aparelho!

A Samsung dispõe de diversos produtos de qualidade, porém, não são 100% duráveis, assim como qualquer produto de outras marcas também. Quando compramos um produto, não esperamos que ele quebre e dê problema, mas isso acontece e nem sempre está dentro do prazo de garantia.

Então, o que fazer quando precisar de uma assistência técnica da Samsung?

A Samsung oferece uma assistência de qualidade, afinal, é uma marca conhecida mundialmente. Você pode solicitar assistência por telefone, internet ou diretamente por uma assistência técnica autorizada espalhada por todo o Brasil.

É importante que você busque uma assistência especializada que seja reconhecida, pois a Samsung possui uma marca muito variada, se aplicando aos mais diferentes tipos de produtos, por isso você precisa ir a uma que atenda exclusivamente a necessidade que você possui.

Por exemplo, direto no site da assistência técnica Samsung você pode especificar qual a sua necessidade para ser atendido da melhor maneira possível. Veja como:

1. Acesse o site da Samsung;

2. Vá para “Suporte”, “Serviço de Informação” e “Encontre Assistência Tecnica”;

3. Selecione o tipo de produto que você está precisando de assistência técnica, informando a sua área, como cidade, região ou seu endereço e os detalhes do produto;

4. A página mostrará informações com endereço completo do local onde tem uma assistência técnica, com número de telefone e um mapa do Google, assim a localização ficará mais fácil e rápida.

Essa é uma forma de buscar por produto, mas você pode buscar por endereço, digitando o seu endereço e a área que a pesquisa cobrirá é de 10 a 60 quilômetros, onde o resultado da pesquisa vai mostrar a assistência mais próxima da sua residência.

Agora você já sabe como encontrar assistências técnicas Samsung. Então, se precisar é só localizar uma bem próxima de você.

Este artigo é uma colaboração do site Assistência Técnica. Se você esta procurando por uma autorizada na sua cidade, o site Assistência Técnica pode lhe ajudar nessa procura.

Conheça as 5 raças de cães mais inteligentes

As raças de cães mais inteligentes são versáteis, ágeis, leais e geralmente são muito predispostas a serem treinadas. Além disso, eles gostam de desenvolver sua mente com tarefas e jogos de inteligência, gostam de se sentir úteis.

Os cães mais inteligentes

1. Rottweiler

O rottweiler é outro dos cães mais inteligentes conhecido; Poderíamos dizer que ele é tão inteligente quanto famoso e versátil. É um cão de trabalho real: executa bem as tarefas de pastoreio, proteção, busca e salvamento, rastreamento… É por isso que é usado com tanta frequência quanto um cão policial!

2. Papillon

Talvez você não esperasse, mas sim: o papillon ganhou um lugar no nosso ranking de cães mais inteligentes. E com razão! Embora seja pequeno e seu nome inspire doçura e delicadeza, na verdade o cão papillon é mais forte e de natureza complicada do que parece.

É um excelente cão de guarda! O cão papillon quase não teme nada, não hesita em enfrentar cães muito maiores que ele, e o faz sem nenhum problema! Por serem tão inteligentes, são fáceis de treinar e treinar.

3. Golden Retriever

Você sabia que o Golden retriever é o animal canino mais popular entre as famílias ao redor do mundo? Ele é leal, carinhoso, gentil, paciente e muito inteligente. Sua capacidade de aprendizado é incrível! De fato, é uma das raças mais usadas como cão para crianças.

Seu relacionamento com as crianças é excelente; Na verdade, ele se dá bem com todos os tipos de pessoas.

4. Doberman

O doberman é um dos cães mais corajosos que são conhecidos, é muito forte e resistente. Como um cão de guarda e proteção é muito apreciado, ele é frequentemente treinado para executar essa tarefa.

Apesar de sua má reputação, o doberman não é um cachorro perigoso; Nenhum cachorro é perigoso por natureza. Tudo depende da sua educação. Na verdade, ele é muito leal, afetuoso, obediente e sempre aberto a aprender.

5. Border Collie

E … surpresa! Este é o cão mais inteligente da nossa lista: o border collie. Esses cães são tão vivos e energéticos que precisam ter um propósito ou ocupação para serem felizes. Eles se envolvem muito com a família, amam a vida com as pessoas.

Certamente, esse cão precisa de uma pessoa que saiba treiná-lo adequadamente: como em muitos dos cães que já mencionamos, a inteligência geralmente é acompanhada por um caráter forte e muito determinado.

Uma ótima maneira de ajudar o Border Collie a se sentir bem, estimulando-o física e mentalmente, é praticar esportes com ele.

E você, você sabia que estas são as raças de cães mais inteligentes? Você compartilha sua vida com algum deles?