Seguro obrigatório: quando devo acionar?

Se no passado sofrer um acidente de trânsito significava um grande problema financeiro para a vítima, com o surgimento do seguro obrigatório DPVAT, a realidade mudou, pois agora, essas pessoas têm a chance de receber uma quantia em dinheiro, para ajudar com despesas médicas ou para reestruturar sua vida quando o acidente for mais grave.

O DPVAT aparece todos os anos junto da cobrança do seu IPVA. O seu pagamento deve ser feito em parcela única, e o valor é igual para todos os motoristas, tendo alteração apenas para categorias de veículos diferentes. Todas as motos pagam o mesmo valor, assim como todos os carros e todos os caminhões.

Como é feito essa cobrança de todos os motoristas, o governo brasileiro utiliza desse valor acumulado, para indenizar todas as vítimas de acidentes de trânsito. Esse seguro serve apenas para as pessoas em caso de dano à saúde, não há nenhum tipo de auxílio para roubos ou furtos.

seguro obrigatório

Quando devo acionar o seguro obrigatório DPVAT?

O DPVAT deve ser acionado em três situações diferentes:

1 – Indenização por morte

2 – Indenização por invalidez

3 – Indenização por danos a saúde para auxílio aos gastos médicos

No caso de indenização por morte, a família da vítima tem direito a receber a quantia de R$ 13.500,00. Nesses casos, mesmo que nenhum valor em dinheiro possa curar a perca, o seguro fornece um auxílio para a família conseguir se reestruturar. Para solicitar a indenização é preciso do certificado de óbito, juntamente com o boletim de ocorrência e comprovante de parentesco.

Quando o caso é de indenização por invalidez, a vítima pode solicitar o seguro e pode receber até R$ 13.500,00. A vítima deve ter em mãos o boletim de ocorrência, junto de um certificado que comprove a patologia.

O último caso é o mais comum, nas indenizações por danos a saúde, onde a vítima solicita o seguro para auxiliar no pagamento das despesas médicas e medicamentos utilizados para a recuperação. O valor nesse caso pode chegar até R$ 2.700,00. Para solicitar, a vítima precisa do boletim de ocorrência, relação das despesas médicas e comprovante das despesas médicas.

Principais dúvidas sobre o DPVAT

– Quais tipos de indenização existem?

Existem três tipos de indenização do DPVAT, por morte, por invalidez e também aquelas que auxiliam nos gastos médicos quando houve algum tipo de dano à saúde.

– Quais valores das indenizações?

A indenização por morte oferece R$ 13.500,00

A indenização por invalidez oferece R$ 13.500,00

A indenização para auxílio médico oferece R$ 2.700,00

– Quem pode solicitar as indenizações?

As indenizações do seguro DPVAT podem ser solicitadas pelas próprias vítimas, ou em caso de morte, por algum familiar, que comprove o parentesco.

– Quanto tempo posso esperar para solicitar o DPVAT?

O DPVAT pode ser acionado até 3 anos após o acidente ter ocorrido.

– Quem tem direito ao DPVAT?

O DPVAT é oferecido para todas as vítimas envolvidas em acidentes de trânsito com veículos automotores em vias terrestres, podendo ser pedestres, ciclistas, motoristas e passageiros.

Comments are closed.