Como funciona a apólice do seguro auto?

Não é preciso falar da importância de se contar com uma apólice do seguro auto hoje em dia, não é? Assaltos, acidentes, enchentes, etc. Todos esses fatos, atualmente, acontecem com frequência e manter seu veículo coberto contra danos vindos desses problemas é essencial para a tranquilidade e o bolso.

Mas nem todo mundo sabe como é funciona a apólice de seu próprio automóvel. Você é um desses? A seguir, então, você saberá melhor como funciona esse serviço tão essencial.

apólice do seguro auto

Saiba mais sobre sua apólice do seguro auto

Quando a seguradora aceita os riscos e fecha com você um seguro para o seu carro, ela emitirá uma apólice. A apólice que é enviada deve constar todas as condições do seguro.

  • Em relação aos pagamentos

O consumidor tem o direito de optar por um plano que possa pagar, ou então, que atenda a suas necessidades e as do seu veículo. Além disso, as formas de pagamento que devem ser oferecidas ao segurado são, pelo menos, boleto bancário ou débito em conta.

Algumas seguradoras têm metas a cumprir e só oferecem débito em conta como pagamento da apólice do seguro auto. Isso é ilegal. Nenhum consumidor tem a obrigação de ter debitada suas contas apenas por esse meio de pagamento, no caso de seguros de veículos. Não aceite uma condição dessas!

  • As coberturas do seguro

Este também é um item importantíssimo na hora de contratar a apólice do seguro auto. São as coberturas que determinarão quais as proteções o seu automóvel, como elas serão cobertas e quais serão os preços de indenizações.

Basicamente, há dois tipos de coberturas de seguro para veículos: a básica e as opcionais.

As apólices do seguro do auto com coberturas básicas, em geral, cobrem: roubo; colisões; incêndios; estragos ocasionados por enchentes, granizos e raios, etc.

Já as coberturas opcionais contemplam todas as básicas e mais situações que variam muito de seguro para seguro. É como se fosse um pacote avulso, com plus de coberturas.

E não se esqueça, que na hora de escolher o tipo de seguro seu automóvel só contará com as coberturas que foram contratadas. Um exemplo, se você não contratou cobertura para caso de vidros quebrados, se isso acontecer, não adianta insistir. A seguradora não tem nenhuma obrigação de cobrir os gastos de vidros quebrados – a não ser que seja parte de um acidente.

  • Em casos emergenciais

E se eu precisar acionar o seguro? Bom, os especialistas pedem que primeiro você tente se acalmar, além de afastar os curiosos, dizendo que já contatou a seguradora.

Um ponto importante é jamais tentar remover o automóvel do local onde ocorreu o acidente. Isso serve tanto para você não se machucar, como para a seguradora realizar a vistoria do acidente.

Ligue para o número emergencial do seguro. Tente ficar tranquilo, é uma exigência que um representante da seguradora esteja no local em pouco tempo após o acidente, para prestar a assistência a que você tem direito.

Se isso não acontecer, reclame depois com o órgão competente, a Susep – por enquanto, procure resolver o seu problema.

  • Procedimentos no caso de sinistro

Em primeiro lugar: você sabe realmente o que é um sinistro? Sinistro é todo e qualquer evento em que um bem que esteja segurado sofre prejuízo material ou um acidente. Trata-se ainda da materialização de um risco, que irá ocasionar prejuízos financeiros para você e para a seguradora.

E como proceder em caso de sinistro do carro? Nesse caso, o segurado deve se atentar para ser indenizado adequadamente pela seguradora. Para não ser surpreendido, caso ocorra um sinistro, ligue imediatamente para a sua seguradora.

Isso para informar a empresa sobre o sinistro e para que a seguradora envie o serviço até o local.

Depois de um tempo, a sua indenização será calculada e paga. Se não concordar com o valor, reclame com a seguradora. Caso mesmo assim não resolva, procure um posto da Susep ou mesmo do Procon.

Não tenha preguiça!

Agora que você já está por dentro de diversas informações sobre uma apólice do seguro auto, não cometa o erro de muita gente. Ao receber o contrato leia-o todo e só assine se estiver 100% de acordo. Evite problemas futuros!

Comments are closed.