Como acelerar metabolismo lento

Os nossos corpos não estão habituados a comer tão poucas vezes (3 refeições por dia) – isto retarda o nosso metabolismo porque o corpo é levado a pensar que vai ter acesso a menos alimentos (refeições mais frequentes mas menores quantidades) e queima consequentemente menos calorias durante o dia para armazenar energia.

Cada refeição atual é “mais forte” – isto é, comemos mais em cada refeição (mesmo pensando que estamos a fazer menos refeições). Isto é interpretado pelos nossos físicos como uma medida de segurança – uma ordem para que armazenemos energia. Essencialmente, desde que começamos a comer “mais” por cada refeição e com menos refeições no total, os nossos corpos interpretaram isto como um sinal de que os alimentos já são escassos – deste modo fazem com que o nosso metabolismo queime menos calorias. Ou seja refeições maiores e mais espaçadas, podem fazer com que ganhe peso mesmo que pareça que está a comer muito pouco.

Os nossos corpos não estão habituados a comer dietas elevadas em hidratos de carbono – trata-se de uma transferência drástica relativamente à  dieta original em proteínas e gorduras (com poucos hidratos de carbono, excepto as frutas) e é interpretado por sua vez pelos nossos corpos como um sinal de que a nossa dieta “regular” não está disponível, pelo que os nossos metabolismos vão ter agora de ser reduzidos para uma velocidade mais lenta, a fim de conservar a “energia” até que possamos voltar à nossa dieta “normal”.

Quase que se pode dizer com isto, que esta mudança provocou no nosso metabolismo uma hibernação virtual!

Além disso, como os nossos níveis de atividade são hoje muito menores, não conseguimos “queimar” todo o conjunto de hidratos de carbono e as quantidades remanescentes vão-nos fazer aumentar vários quilos (mesmo que estejamos a consumir menos calorias do que é habitual).

Começando a se exercitar

Como a inatividade corporal não é uma estado natural – devemos exercitar-nos nem que seja por uma atividade ligeira -, pode levar a que o nosso metabolismo seja sobrecarregado e assim fazer com que

os corpos queimem mais calorias. Sem os mesmos níveis de atividade anterior (e como vivemos numa sociedade cada vez mais sedentarizada – o preço que pagamos pelo desenvolvimento tecnológico), queimamos menos calorias. Assim basicamente, os nossos metabolismos, por causa destas mudanças de hábitos alimentares, “estão a ser programados” para conservar as calorias. Ainda para mais a nossa falta da atividade física (desporto, exercício, trabalho manual, etc.) implica que estejamos a queimar muito menos calorias que ancestralmente.

Qualquer destes factos, poderiam ser controlados só por si. Se for pouco ativo pode provavelmente comer um pouco menos e mesmo assim controlar os danos, mas e se o seu metabolismo foi afetado seriamente pelas mudanças produzidas milenarmente nos hábitos alimentares, pelas dietas ricas em hidratos de carbono? Pode encarar seriamente a possibilidade de somente perder peso comendo menos (um processo que faça com que o seu metabolismo seja retardado mesmo a fundo e prejudique ainda mais o seu peso)?

O nosso metabolismo “tem sido forçado permanentemente” a conservar calorias, e os nossos hábitos alimentares são os culpados principais por via duma evolução social de milhares de anos. Esta é uma razão muito válida para justificar por que é recomendado o exercício como sendo o melhor método de perder peso – sem qualquer pressão externa no nosso metabolismo, não há mais nada nos nossos hábitos alimentares que possa retificar os desequilíbrios do nosso metabolismo, causados pelo desequilíbrio da equação basilar.

No artigo seguinte, falar-lhe-ei das etapas específicas que necessita percorrer para mudar os seus hábitos alimentares, recarregando o seu metabolismo de modo a que possa manter ou reduzir seu peso atual, quase sem se esforçar e à sua vontade. De facto, vou-lhe mostrar como perder peso de maneira segura fazendo apenas algumas pequenas mudanças no seu estilo de vida, tudo isto sem o obrigar sequer a fazer nenhum exercício.

Comments are closed.